sábado, 26 de maio de 2018

Não são só pessoas em máquinas correndo em círculos


Porque os esportes a motor, às vezes, mais do que emoção nas provas, tocam nossos corações dentro e fora das pistas.

Daniel Wheldon foi um piloto inglês, campeão da IndyCar Series em 2005. Naquele ano, também venceu as 500 Milhas de Indianápolis - uma das corridas mais importantes do mundo, o que fez de novo em 2011. No entanto, na última corrida deste mesmo ano, em Las Vegas, ele sofreu um acidente fatal.

Este mês, a Formula Indy volta ao Indianapolis Motor Speedway, e na famosa linha de chegada de tijolinhos, dos quais a pista era feita antigamente, chega um kart. É Sebastian Wheldon, filho de Dan, aos 9 anos. Como o pai outrora o fez duas vezes, ele se ajoelha e beija a linha de chegada, o que é um gesto tradicional do vencedor da Indy 500.


Lindo, não? Mas quem disse que precisa enxergar para viver esse tipo de coisa?

Charaf é um fã de Fórmula 1 que perdeu a sua visão aos 20 anos. E através do F1 Experiences, no final de semana do GP da Espanha, o Liberty Media lhe preparou uma surpresa: uma volta no carro de dois lugares, é claro. Para a surpresa de todos, o rapaz mostrava que sabia exatamente cada ponto em que estava na pista, narrando a volta. Sua reação final, seu choro de alegria, quase me arrancou algumas lágrimas também.


Paixões assim vem desde criança, e certamente uma destas, terá um dia eternizado em sua memória, ao lado de seu herói.

Se ano passado, aliás, também no GP da Espanha, o menino Thomas teve um dia inesquecível ao lado de Kimi Raikkonen, da Ferrari, desta vez, o sortudo foi Joaquín, que a pedido de Fernando Alonso, a Fórmula 1 levou aos boxes da McLaren.

Então, não, não são só malucos correndo em círculos. Podem ser malucos, e são mas o todo é muito mais do que isso.


Página do AutoblogPV8 no Facebook: https://www.facebook.com/Autoblogpv8

Um abraço!

Fórmula 1 2018 - GP de Mônaco - 3º Treino Livre e Classificação


Daniel Ricciardo. Só dá ele neste final de semana, até agora. Liderou os treinos livres 1, 2 e 3, e na classificação, Q1, Q2 e conquistou a pole position no Q3. Sempre com direito a novos recordes de pista, baixando a própria marca cada vez mais.

Só não é motivo para uma completa festa na Aston Martin Red Bull Racing, porque Max Verstappen não permitiu. Ao final da última sessão de treinos, o holandês bateu, aliás, exatamente do mesmo jeito e no mesmo lugar que havia batido em 2016. Por isso, seu carro não ficou pronto a tempo para classificação, não marcando tempo de volta e, portanto, na última posição. Quando poderiam ocupar a primeira fila, os rubro-taurinos ocuparão as duas extremidades do grid.


Então, dividindo a primeira fila com o australiano, teremos seu ex-companheiro de equipe (e que quem sabe não poderá voltar a ser?) Sebastian Vettel, da Ferrari. Atrás, a Mercedes de Lewis Hamilton, seguido pelo outro piloto da Scuderia, Kimi Raikkonen. E fechando o top 5, a outra Flecha Prateada, de Valtteri Bottas, que divide a terceira fila com um incrível Esteban Ocon, da Force India. Seu companehiro, Sergio Pérez, foi o 9º.

Acho que todos do Q3 que não são das equipes de ponta, merecem destaque, diga-se de passagem. Fernando Alonso tinha como meta o 5º, mas foi muito bem com o 7º lugar. Ficará ao lado de seu compatriota Carlos Sainz Jr., da Renault. E fechando o pessoal dessa parte, um surpreendente Pierre Gasly, da Toro Rosso-Honda.

Foram bem também Sergey Sirotkin, colocando a Williams em 13º, enquanto Lance Stroll foi 18º, com sorte de Verstappen ser o último, e com Romain Grosjean, que foi até melhor pela Haas do que seu companheiro, classificando-se em 15º, contra o 19º de Kevin Magnussen. Mas perderá 3 posições devido ao acidente que provocou no GP da Espanha. E o piloto da casa, Charles Leclerc, larga em 14º com a Alfa Romeo Sauber.


Página do AutoblogPV8 no Facebook: https://www.facebook.com/Autoblogpv8

Um abraço!

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Rapidinhas ( ͡° ͜ʖ ͡°) do dia: McLaren na IndyCar; Carb Day da Indy 500; notícias da Fórmula 1; e Sette Câmara vetado na Fórmula 2


A McLaren confirmou hoje o que até então era apenas um recente rumor: pretende disputar a IndyCar Series no ano que vem. Mais do que isso, o próprio Zak Brown disse que estão contando com a assessoria de Gil de Ferran para tal. O vencedor das 500 Milhas de Indianápolis e bicampeão da Champ Car foi um coach de Fernando Alonso na aventura deste no ano passado.

Hoje também tivemos o Carb Day, que é um último treino livre para a Indy 500, e o mais rápido foi o vencedor da prova em 2013, o brasileiro Tony Kanaan, da AJ Foyt Racing.

Na Fórmula 1, bem rapidinhas mesmo: a pedido das equipes, a Pirelli estuda mudar os nomes dos pneus para a próxima temporada; e o GP do Azerbaijão quer voltar a ser disputado em junho, como era a princípio.

Por último, na Fórmula 2, o brasileiro Sérgio Sette Câmara, da Carlin, foi vetado hoje na corrida 1 do GP de Mônaco, e o mesmo acontecerá amanhã, na corrida 2. Isso porquê após um acidente na classificação, ele teve uma luxação no pulso.


Página do AutoblogPV8 no Facebook: https://www.facebook.com/Autoblogpv8

Um abraço!